O ano de 2018 para o Brasil está marcado pelo processo eleitoral, mas o fato do resultado das eleições pode ser relacionado a estratégia eleitoral, mas também está relacionado com o olhar de cada pessoa, então vou ficar mais focado em pontos que consigo avaliar sem paixões políticas e apenas focando no quesito da sustentabilidade.

Desde o passado mais remoto, aprendi que eleição é sentimento, e aquele grupo político que conseguir identificar o sentimento das pessoas e conduzir esse sentimento em seu benefício, será contemplado com o maior número de votos, e isso, pouco ou nada tem relação com a capacidade da psssoa em suas capacidades de participar de um governo, sua capacidade de articulação, sua capacidade em ouvir as pessoas ou sua capacidade em tomar decisões, ser eleito ou eleita tem relação direta com o sentimento que se demonstra para a sociedade.

Então, cada candidatura na esfera presidencial, de forma bastante clara, escolheu sentimento a ser demonstrado, assim, objservamos RAIVA, ÓDIO, MEDO, VINGANÇA, AMOR, DEVOÇÃO, CALMA, como os sentimentos mais claro e delineados nas campanhas, e com isso, as redes sociais foram amplamente utilizadas, mas os meios tradicionais, tais como Rádio, TV, Movimentos de Rua, foram utilizados, como a distribuição de materiais gráficos, especial atenção ao crime eleitoral do derrame (jogar muito material gráfico na porta das escolas, dando a impressão de apoio e fazendo aquelas pessoas que, por diferentes motivos, pegou o papel no chão, para votar.

O processo eleitoral, na teoria é bastante bonito, mas na prática, percebemos que a injustiça é algo cavalar, onde poder econômico reflete muito mais em voto que as ideias que a pessoa trás, isso é voto por sentimento, mas o sentimento não é a razão para a maioria.

Observando friamente, foram utilizados big data, condução de estímulos aos sentimentos, desde cores, sons, falas, especialmente nos grupos de whatsapp, mas nas demais redes sociais e em seus multiplicadores, observa-se na rua.

O reconhecimento e entrada nas bolhas gerou boa parte das relações de voto, inclusive nas viradas observadas em alguns estados, e até mesmo na esfera nacional. Se isso vai virar em um bom governo, é outro ponto.

Views All Time
Views All Time
187
Views Today
Views Today
3


Posts relacionados

Onde está The Book?

As mulheres não são coniventes

Marcelo Zona Sul e a Revolução do Leblon!

Adoção é a afirmação do amor!

Mulheres e a política

O PT ERROU.