É lamentável que nessa altura do campeonato e em um momento de tamanha dor eu tenha que estar escrevendo sobre uma ideia tão louca, mas em determinados momentos é necessário que idéias bizarras sejam adequadamente contraditadas

Uma ideologia de americanização da sociedade tem tomado conta de alguns, em tempos de franca escalada da extrema direita isso fica mais evidente. Foi dentre as discussões pós tragédias de massacres de escolas que apareceu essa proposta de Trump de armar professores como forma de proteção da violência e isso agora ganha adeptos no Brasil

Uma iniciativa como essa só vai gerar mais insegurança, a ideia de que uma arma de fogo pode trazer mais proteção a um cidadão comum já é algo que não se sustenta em nenhum estudo e ainda assim tem adeptos que desejam um modelo de segurança pública estilo “Bang bang” old west

Armas de fogo devem ser usadas apenas por profissionais da segurança pública preparados, que mesmo treinados estão mais expostos aos riscos que uma arma de fogo representa como disparos acidentais, errada utilização e a possibilidade de se tornar um alvo de criminosos que queiram roubar a arma

Professores não são profissionais de segurança e portanto estão inaptos a utilizar uma arma

Veja que também é importante lembrar que a relação de professores e alunos não pode envolver armas, isso tornaria o ambiente horrível, traria distância entre os dois e resultados educacionais ruins. É claro que existem aqueles que alegando respeito ainda acham que a figura do educador deve vir acompanhada de autoritarismo

O ideal é estabelecer estratégias junto a escola de neutralização de ameaças através de treinamento, inteligência, equipamentos de segurança modernos e acionamento rápido de forças de segurança caso necessário. Fora isso, o mais importante é pela via da educação criar maior estrutura de atendimento e orientação psicossocial nas escolas para se evitar Bullying e identificar com maior capacidade estudantes que sofram de problemas psicológicos. Isso tende a evitar o aparecimento de novos lobos solitários

Esse perfil patológico tende a se sentir impotente com a situação vivida buscando empoderamento através de armas de fogo e atitudes violentas

A educação é a melhor e mais eficaz arma para evitarmos o aparecimento de novos perfis como esses, a violência não vai funcionar

Educação e violência não combinam

Foto Instagram
Views All Time
Views All Time
233
Views Today
Views Today
1


Posts relacionados

Tensão Pré Menstrual

A VIOLENTA EMOÇÃO DE MORO, O “CÔNGE” DA LAVA JATO.

Esvazie os espaços, defenda Albert Camus!

A força dos povos indígenas e a resistência ao genocídio no Brasil, por Raissa Melo

Direito a vida

Mulheres encarceradas: privação de liberdade e da condição humana