Artigos Comunicação Sustentável

Nascemos em 2020!

Nascemos em 2020!

Que ano!

Todo o meu respeito aos Historiadores, que terão a árdua tarefa de roteirizar esse ano, que ano!

Nascemos em 2020, mas não rasguem as suas certidões de nascimento , as documentadas e certificadas, mas nascemos em 2020, mas não haverá festas de aniversários.

Já estamos sendo presenteados pela insanidade, e as pontes rachadas construídas pelas gambiarras políticas que o Brasil insiste em nos fazer atravessar, mas é uma escolha seguir o caminho da ponte ou voltar atrás, voltar atrás e se preservar parece uma solução paliativa até tudo isso passar, afinal se nascemos em 2020, agora é o momento racional e não emocional!

Pessoas morreram, nós nascemos. Somos culpados pelas centenas de milhares de mortes no mundo todo! Sim, somos culpados, sabíamos e esperamos a solução daqueles que nos regem pela cartilha da servidão!

Somos a maioria, a massa que ocupa o mundo, que trabalha que faz a engrenagem do dinheiro girar para os ricos, somos nós!

“Todo poder emana do povo”, a frase mais bonita de se ouvir e tem sido a mais constrangedora, porque temos o poder, porque somos o povo, mas temos medo, porque nos empobreceram e precisamos das migalhas, dos baixos salários e do servir sem refletir!

O escritor inglês dizia: “ A vida é som e fúria! ”

A vida é um  amontoado de sonoridades, e silenciadas pela nossa fúria adormecida, porque ainda somos regidos pelo signo do medo.

A vacina está pronta, em testes (ela é um conjunto de três corpos uma proteína viral fraca, um DNA do viral covid, e uma proteína do viral HN1, mais fraco, e uma dinâmica fagocitária para o processo de imunização, a ciência emociona e ressuscita) , a C-19 veio como dragão, incendiando nossos corações e as cinzas para adubar o solo, plantar flores e dedicar as pessoas que morreram por nós, é simbólico, não é digno, ainda estamos embriagados de egoísmo, precisamos ser imunizados da servidão para que possamos ser livres e viver a humanidade em sua plenitude, precisamos do demasiado humano ( já dizia o filosofo) !

Pessoas morreram em 2020, para que nós que ainda estamos aqui, pudéssemos nascer, renascer e refazer, sem servidão!

“ O que é seu, tem que tomar na marra, sem servidão!” – James Joyce  

Honremos as pessoas que se sacrificaram por nós, e que suas vidas não tenham sido em vão!

Sem servidão!    

Views All Time
Views All Time
220
Views Today
Views Today
1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *