Artigos Comunicação Sustentável

Mães, o trabalho…

Mães, o trabalho afetuoso e constante!

Ser mãe, é um ato de amor, um amor integral e integro.

Mas também é trabalhoso ser mãe. Cuidar, amar e educar, e preparar os filhos para o mundo (essa é a parte mais difícil), as mães dormem pouco, comem pouco, descansam pouco e amam muito, amar demais também é exaustivo e o afeto por vezes também é uma cópia do egoísmo quando as mães não dividem com os filhos as suas temerárias submissões que servem para iludir os filhos, que o mundo pode ser perfeito, e que elas são a perfeição e que os filhos são a multiplicação da perfeição, quando adultos entendemos o aquário maternal em que elas colocam os filhos, entendemos que era o selvagem materno nos protegendo das mazelas e as cancelas das negações que enfrentamos na vida adulto, quando fazemos a passagem de filhos para filhos adultos e também nos tornamos bastante autoritários, porque fingimos que sabemos de tudo para cortar a dependência que temos em relação as nossas mães!

As mães, nos amam, mas também nos aturam, por vezes fingem que aceitam as nossas convicções bizarras, elas fazem isso por amor, essa é a parte trabalhosa do amor!

Filho dá trabalho! Trabalho físico e emocional.

Incrível a capacidade do amor materno, nos defendem mesmo quando estamos errados!

Uma mãe é capaz de ir até à Antártida, para nos levar um casaquinho!

Nunca confiamos em ninguém , talvez tenhamos duvidas sobre nós mesmos e a auto confiança, mas em nossas mães sempre confiamos!

Mães e filhos brigam muito, divergem e fazem as pazes indo da cozinha para a sala. É maravilhoso esse conflito de gerações, o conflito de saberes e é tão bom aprender com as nossas mães, mesmo quando elas estão erradas, sim, as mães erram, as mães também já foram filhas, e normalmente repetem os acertos e os erros das suas mães (as nossas avós), e as nossas avós sucumbem a amnésia seletiva e os netos são a corda de disputa entre mães e avós, é um rio de amor, mas por vezes também é cansativo para nós, os filhos e netos!

O mundo nos ensina o que é difícil, o que é árduo e o que é fortaleza e solidão!

Mas quando voltamos para o mundo blindado de nossas mães, somos humanizados novamente com afeto e acolhimento, e aquele abraço quente, o perfume doce de mãe, e aquela fala consoladora: tudo vai melhorar meu filho!

Mãe é a nossa conexão com o amor, mas elas não evitam a nossa dor.

Views All Time
Views All Time
88
Views Today
Views Today
1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *