Sustentabilidade

"A sustentabilidade é o caminho mais fácil!"

Meu nome é Roberson Dibax, sou Engenheiro Agrônomo, Mestre, Doutor e Pós-Doutor em Produção Vegetal pela Universidade Federal do Paraná. Há cinco anos atuo como docente no Curso de Agronomia com enfoque em agroecologia na Universidade Federal da Fronteira Sul, Campus Laranjeiras do Sul – Paraná. Ensino disciplinas técnicas voltadas para a área de biotecnologia vegetal e tenho como público, acadêmicos pertencentes a uma complexa diversidade de histórias de lutas e conquistas.

Muitos destes acadêmicos vieram de famílias de pequenos e médios produtores rurais, outros são filhos de assentados do MST, alguns deixaram suas famílias em diferentes cidades brasileiras, mas todos em busca de um ideal em comum: a aquisição de conhecimento para o desenvolvimento profissional e humano que somente o ensino adquirido dentro da universidade pode proporcionar. Para mim, o ensino universitário sustentável é aquele voltado para a construção do conhecimento onde o professor se coloca no lugar do aluno e atua com o compromisso de passar a base do conhecimento com a responsabilidade de mediar a discussão, respeitando sempre os limites e potencialidades dos seus alunos.

O professor que ensina de forma sustentável oferece a base sem doutrinar, ensina de forma imparcial e consciente que não deve interferir nas ideologias e nas diferenças de pensamentos. Nunca trata os alunos de forma coletiva e deve contribuir para tornar-se uma referência e fonte de inspiração. Este professor se preocupa em conhecer um pouco a história de vida daqueles alunos que estão passando por dificuldades no processo ensino-aprendizagem e tenta criar soluções baseando-se sempre na inclusão. Um aspecto interessante que faz parte da realidade da realidade de professores que assim como eu atuam em universidades ainda em ampliação refere-se ao acompanhamento dos acadêmicos durante a maioria das etapas da vida acadêmica, no meu caso por exemplo, ministro disciplinas em diversas fases, acompanhando o desenvolvimento do alunos.

Muitas vezes sou conselheiro, psicólogo, pai, irmão e até mesmo um melhor amigo muito próximo. Faço também um trabalho como tutor e orientador voltado ao interesse despertado por alguns alunos pela música, literatura e cinema de arte. As vezes chegam a mim relatos muito gratificantes de alunos que voltaram a manifestar interesses por estes assuntos graças ao meu incentivo, fico muito feliz, estimulado e realizado por isso.  O cidadão que aqui deixa um breve relato do seu cotidiano como profissional do ensino universitário público confessa também que é um fruto do ensino público, veio de família iniciada por imigrantes poloneses que criaram os filhos plantando batatas. É um ex- integrante da legião das “Canecas Azuis” da FUNPAR, assim como milhares e milhares de crianças e adolescentes que pertenceram a geração dos anos anos 80 e 90 e que continuam até hoje. Acredito na sustentabilidade e no ensino, e espero que este texto sirva de apoio e de esperança para este momento crítico que estamos vivendo no contexto da educação. Eu acredito e confio no ensino no poder da força de vontade. A sustentabilidade é o caminho mais fácil.

Roberson Dibax

Views All Time
Views All Time
700
Views Today
Views Today
1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *