A juventude brasileira fez a “terceira onda” do café!
Por Cauê Bohrer.

Trabalhar com café é um privilégio, mesmo quando a profissão de Barista não valorizada como deveria, comecei a tomar café muito cedo, mas o meu contato com o café especial se deu faz 4 anos atrás, passei a entender todo o processo do plantio a xícara, achei encantador que existam tantas pessoas envolvidas pra servir apenas uma bebida, trabalhar com café é valorizar cada produtor,cada mestre de torra e cada Barista.
Os jovens brasileiros estão consumindo mais café porque, existe o que chamamos de terceira onda do café, onde o consumidor está preocupado não apenas com a qualidade da bebida e sim com a origem, processo e como seu café é preparado, hoje os jovens estão consumindo muito mais café e um café com uma qualidade muito superior que as gerações passadas, se preocupando também com a sustentabilidade de cada fazenda ou local onde se produz o café
Existe também a possibilidade do Brasil ter uma produtividade sustentável do café, a produção orgânica e sustentável ainda é muito pequena, comparada às grandes indústrias, o produtor de café especial tem toda uma preocupação em relação com a sustentabilidade.
O café orgânico ainda não é o grande diferencial para a preferência de um determinado café, todo o processo de produção e distribuição faz a diferença!
O Brasil, é um dos maiores consumidores de café no mundo, minha motivação é tornar o café especial mais acessível, valorizar os pequenos produtores, torrefadores e Baristas, na minha opinião o Brasil não tem os melhores profissionais, mas estamos no caminho, café é uma bebida muito complexa, é difícil dizer se temos ou não o melhor café do mundo, mas somos o país que mais estuda café no mundo, os melhores cafés vem da África onde tudo se originou.

Cauê Boher é Barista na cidade de Curitiba.
@pedecafecwb
Barista na Empresa Fábrika Pães. Curitiba, Paraná
Fotos: Munir Bucair.

Views All Time
Views All Time
166
Views Today
Views Today
1



Posts relacionados

A beleza não é uma obrigação, é uma cortesia para o mundo!

TODO CAMBURÃO TEM UM POUCO DE NAVIO NEGREIRO.

A VOZ DAS URNAS conversa com Pedro Fernandes (PDT)

Sobre ansiedade e outras questões

O Facebook agiu certo?

Não seja o Gnomo da Amelie Poulan! um dia de cada vez…