Sustentabilidade

A dignidade humana como principio fundamental na sustentabilidade

POMELO_20160810194556_save_

Herdamos uma sociedade de nossa geração anterior resultante das suas escolhas virtuosas ou equivocadas. Essas escolhas vão desde o modo como um indivíduo ou coletivo influência uma sociedade até como esta mesma sociedade vai se portar na luta de garantia dos direitos difusos conquistados pelas nossas gerações anteriores. Portanto possuímos uma responsabilidade (solidariedade\ generosidade) intergeracional a partir do que nos foi deixado por nossas gerações anteriores.

Essa nossa responsabilidade está principalmente na adoção progressiva de padrões éticos na gestão das informações e na engenharia dos ativos econômicos, ambientais, sociais, tecnológicos e culturais. Os novos padrões devem considerar que historicamente a sociedade esteve inserida em contextos com evidentes processos de exclusão e desigualdade social para que inicialmente possamos atingir a equidade coletiva e a condição de homeostase dos sistemas complexos envolvidos, possuindo como objetivo principal a garantia do Princípio da Dignidade Humana para nossa geração e as futuras.

Sem considerar a dignidade humana como principio fundamental não há sustentabilidade, pois, na complexidade da rede de sistemas vivos em que a humanidade está inserida, o Meio se apresenta inerente ao Ser.

Views All Time
Views All Time
1150
Views Today
Views Today
2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *